“Um estadista de ideia elevada, responsável pelo crescimento cultural no Estado. Que o seu caminho em prol do desenvolvimento do país seja iluminado”, disse a presidente da Aflag, Alba Dayrell, sobre o governador Marconi. Foto: Walter Alves

“Um estadista de ideia elevada, responsável pelo crescimento cultural no Estado. Que o seu caminho em prol do desenvolvimento do país seja iluminado”, disse a presidente da Aflag, Alba Dayrell, sobre o governador Marconi. Foto: Walter Alves

O governador Marconi Perillo foi homenageado, nesta terça-feira, dia 27, pela Academia Goiana de Letras (AGL), Academia Feminina de Letras e Artes (Aflag), Instituto Histórico e Geográfico de Goiás (IHGG), Academia Goianiense de Letras (AGnL), Associação Goiana de Imprensa (AGI) e União Brasileira dos Escritores – seção de Goiás (UBE-GO) pelos relevantes serviços prestados às artes e à cultura goianas e às instituições em seus quatro governos. A cerimônia aconteceu no auditório do Instituto Histórico, na Praça Cívica, em Goiânia.

“Não há honra maior do que ter podido conviver com vocês, ter aprendido e sentido a sensibilidade de cada um pelas artes. Quando assumi meu primeiro governo, em 1999, vi o tanto que os artistas sofriam para manter todas essas entidades. Alegra-me muito também ser presidente de honra desse instituto. O que fiz foi por amor e, onde eu estiver, estarei promovendo a cultura”, garantiu o governador.

Marconi citou a nova sede da Academia Goianiense de Letras, sediada no prédio do antigo Juarez Barbosa. “Outro sonho é enviar à Assembleia um projeto de Lei que garanta recursos perenes à cultura. Para que as entidades tenham do governo a garantia de recursos mínimos para mantê-las”.

O presidente do IHGG, Geraldo Coelho Vaz, agradeceu o “apoio costumeiro de Marconi Perillo ao Instituto em seus quatro governos”. “Rapaz forte, íntegro e inteligente. Tem espírito público e é um grande estadista. Agradecemos pelo apoio integral”, frisou.

A presidente da Aflag, Alba Dayrell, disse que Marconi foi um incentivador da literatura, cultura e artes em Goiás. “Um estadista de ideia elevada, responsável pelo crescimento cultural no estado. Que o seu caminho em prol do desenvolvimento do país seja iluminado”, desejou.

“O Estado é hoje o que mais investe em cultura no Brasil”

Foto: Walter Alves.

Foto: Walter Alves.

O presidente da seccional goiana da UBE, Edival Lourenço, observou que Marconi “entendeu a cultura como setor essencial”. “Não adianta avançar economicamente sem o crescimento cultural. Nas gestões de Marconi, a cultura foi entendida como essencial, tanto que o Estado é hoje o que mais investe em cultura no Brasil”, afirmou.

Presidente da AGL, Lêda Selma destacou o empenho contínuo do governador de dignificar as entidades culturais. “Sempre encurtou os caminhos entre o governo e o setor cultural. Que o senhor possa continuar contribuindo com a cultura, agora em cenário nacional”, declarou.

Já o presidente da AGnL, Aidenor Aires, disse que Marconi, em todas as suas administrações, foi honesto com as raízes culturais de Goiás, apoiando continuamente o setor.

Presidente da Associação Goiana de Imprensa, Valterli Guedes afirmou que Marconi foi um dos cinco maiores líderes da história de Goiás. “Conseguiu, nos quatro mandatos, ser presente em todos os segmentos do Estado. Desejamos vê-lo em batalhas nacionais, em especial na presidência da República”, observou.

Participaram também da cerimônia os secretários Raquel Teixeira (Educação, Cultura e Esporte) e Irapuan Costa Júnior (Segurança Pública) e o deputado estadual Santana Gomes.

 

Fonte: Goiás Agora

Responder