Campanha iniciou nesta sexta-feira (13) e segue até 1º de junho

A vacinação contra a influenza A em Goiás começou com longas filas nas unidades de saúde. Em Trindade, na abertura da campanha, o secretário Estadual de Saúde, Leonardo Vilela, afirmou que a situação é de alerta, mas que em nenhum momento se configurou uma epidemia. No entanto, ele destacou a importância da imunização. “Quando há uma grande quantidade de pessoas imunizadas o vírus não se propaga. A vacina tem o aspecto individual, da proteção, e também da proteção coletiva”, afirmou.

A abertura da campanha ocorreu na Unidade de Saúde da Família Santuário Novo, em Trindade, onde foi registrado um surto de H1N1 na Vila São Cottolengo. O governador José Eliton, a secretária municipal de saúde, Gercilene Ferreira, e demais autoridades participaram da solenidade.

Ainda de acordo com o Leonardo, quando o vírus chega em uma pessoa vacinada ele não se replica e seu processo de transmissão cessado. O titular da pasta ainda destacou que Goiás é o primeiro Estado a iniciar a imunização e que tal ação diminui as chances da situação evolui para uma epidemia.

 

Fonte: O Popular

Responder