“Tenho certeza de que, em breve, seremos o estado que oferta a melhor saúde pública do país”, afirmou o governador José Eliton, na manhã desta segunda-feira, dia 23, durante implantação do programa 3º Turno da Saúde. “Este é nosso objetivo”, diz. A cerimônia foi realizada no Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer).

“Damos um passo importante com a democratização da saúde e a oferta de serviços às pessoas que esperam atendimento rápido e humanizado”, afirma o governador. Ele citou o período da juventude em Posse, no Nordeste goiano. “Quem morou no interior sabe o que é sair de uma cidade longe de Goiânia e ficar, às vezes, dias na porta de um hospital para ser atendido”, disse.

José Eliton reconheceu os avanços no setor e citou o ex-governador Marconi Perillo como o responsável por proporcionar “condição estrutural e inúmeras conquistas”. Destacou, também, a “transformação profunda que o estado passou na pasta de Saúde”. O número de unidades hospitalares em Goiás saltou de sete para 24 em funcionamento durante as gestões do ex-governador Marconi Perillo.

José Eliton adiantou que será enviado para a Assembleia Legislativa projeto de lei que transfere a competência da regulação de cirurgias eletivas para o Governo do Estado. “Por que iremos fazer isto? Porque o cidadão que está na fila esperando uma cirurgia tem pressa e não quer saber de quem é a responsabilidade, se é da prefeitura ou do Estado. Vamos assumir essa missão”, assegura.

“A partir da experiência na capital, iremos replicar esta iniciativa para o interior do estado”, afirma José Eliton. “Temos muita prudência e responsabilidade”, diz. “Acima de tudo, vamos fazer com que Goiás se modernize cada vez mais”, reforça.

O Governo de Goiás investirá R$ 100 milhões em duas ações importantes para dar maior eficiência ao atendimento: a criação do terceiro turno nos hospitais que administra e a realização de cirurgias eletivas no sistema estadual.

“Os atendimentos começam a ser realizados no Crer e no HGG. A partir do dia 30 de abril, as demais unidades de saúde da rede sob gestão estadual iniciam os atendimentos em terceiro turno”, ressalta o governador.

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás

Responder