O governador José Eliton concedeu entrevista ao jornalista Douglas Fernandes, ao vivo, nesta quarta-feira, dia 25, na TV Goiânia – Band, no horário do almoço, dentro do programa Fala Goiás. Na ocasião, o governador respondeu a perguntas dos telespectadores e abordou temas diversos relacionados à administração pública, como saúde, segurança, educação, concurso público, eleições e infraestrutura.

Governo do Estado vai cuidar da regulação

José Eliton – Não só tem interesse (na regulação) como eu vou fazer. Eu vou encaminhar à Assembleia Legislativa o projeto de lei no mais tardar no início da semana que vem para trazer, para avocar para o Estado a responsabilidade para a regulação. Porque, como eu disse, eu não quero ficar discutindo a responsabilidade de um e de outro, eu quero é resolver os problemas das pessoas. É justamente por isso que eu estou trabalhando com muito afinco nessa agenda. São mais de R$ 100 milhões investidos no terceiro turno, que propicia consultas, exames e cirurgias para a população. Nós entregamos a ampliação do Crer no mês passado, já toda uma parte moderna lá, além das novas unidades hospitalares, como é o caso do Hospital do Servidor Público, que foi inaugurado dentro de um conjunto de ações na área de saúde.

Estado de Goiás se antecipou na vacinação contra a gripe H1N1

José Eliton – O Estado fez toda a agenda necessária para dar encaminhamento a essa questão. Consegui junto ao ministro Gilberto Occhi a antecipação do calendário de vacinação e cabe ao Estado de Goiás fazer a distribuição das vacinas em todos os municípios. E os Postos de Saúde da Rede Municipal de Saúde é que fazem as vacinações das diversas comunidades, seja no Norte, no Sul do Estado e em Goiânia. O que nós estamos é buscando trazer todos os lotes possíveis para atender a população e isso a Secretaria de Estado da Saúde tem feito regularmente.

A situação da Saúde em Goiás mudou com a gestão pelas OSs

José Eliton – Ocorreram alguns ruídos com relação à gestão interna de algumas das OSs, mas nós fizemos todos os pagamentos adequados para que não tivéssemos nenhum problema, mesmo porque o que nos cabe fazer é, com coragem, resolver os problemas, buscar atender a população que precisa de saúde, e é justamente por isso que os hospitais da Rede Pública Estadual prestam serviços de qualidade. Eu mesmo sou testemunha disso. Estive internado no Hugol e vi o padrão de atendimento e de excelência do hospital e a todas as pessoas, quem pode pagar, quem não pode pagar. E os hospitais da Rede Pública Estadual têm atendido muito bem e nós vamos continuar fazendo isso.

3º Turno na Saúde vai melhorar ainda mais o atendimento do cidadão

José Eliton – Estamos avançando numa agenda que nem é obrigação do Estado. Mas eu ficava me perguntando. Será que a pessoa que está doente quer saber se a obrigação é do Estado, se é do prefeito, se é do presidente da República, com relação à saúde, a consultas, a exames, a cirurgias? Então nós lançamos o programa Mais Saúde justamente para dar ao cidadão atendimento a tempo e a modo, no terceiro período. Eu estive no HGG e no Crer, visitando e acompanhado os atendimentos que estão ocorrendo no período noturno. Mais de 100 consultas já foram realizadas, procedimentos de diagnósticos, 10 cirurgias já foram realizadas. Nós queremos avançar em mais de sete mil cirurgias. É como eu disse, o cidadão que está lá não quer saber de quem é a responsabilidade, ele quer saber de saúde, e eu não vou ficar falando que isso é obrigação do prefeito, é do presidente da República. Eu, como governador do Estado, estou atuando para resolver esse problema é nós vamos avançando para resolver. No caso da cirurgia nós observamos uma fila. Eu estive no HGG e um paciente me falava que há quatro anos esperava por uma cirurgia de hérnia, uma cirurgia delicada. Ele já estava pronto para ser submetido à cirurgia. Da mesma forma, tinha pessoas lá que estavam há três, quatros anos esperando. Então nós estamos pegando aqueles que estão a mais tempo na fila para ir diminuindo essa espera por cirurgia eletiva no Estado de Goiás.

CEI da Saúde de Goiânia exerce bem o seu papel

José Eliton – Primeiro eu tenho que convicção de que a Câmara de Vereadores de Goiânia exerce bem o seu papel. Ela está, naturalmente, fazendo a investigação acerca da saúde no município de Goiânia porque essa é uma competência dela. Convidados que foram, tanto o ex-governador Marconi Perillo como o secretário de Saúde Leonardo Vilela, fizeram questão de esclarecer todos os pontos e fizeram de maneira muito adequada.

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás

Responder